ABRATU

CARAGUATATUBA

Cuidando da Segurança Jurídica e Legalização  Religiosa do Povo do Axé em toda Região de Litoral Norte. 
1/4

IMPORTÂNCIA DA LEGALIZAÇÃO

Juridicamente ninguém pode autodeclarar-se ministro religioso, sem uma documentação que o comprove.  Por isso, só existe o reconhecimento legal do sacerdócio quando o sacerdote dispõe de uma documentação que o ateste. E a obtenção dessa documentação é mais simples, do que de início, você possa imaginar. 

MAS QUE DOCUMENTO SÃO ESTES?
Diploma de ministro religioso,  alvará de Ministro Religioso e Credencial Religiosa.  


Diploma de ministro religioso e alvará religioso são documentos que ficarão em uma das paredes que guardam seu espaço sagrado. O diploma comprovando sua formação e o alvará lhe permitindo o exercício de suas atividades internas. A credencial religiosa é um documento de carteira, usado em sua apresentação legitimando seu sacerdócio onde quer que vá.

 

É preciso estar ligado a uma organização que credencie e legalize sua atividade religiosa e lhe apresente publicamente como um autoridade religiosa. 

A Credencial Religiosa é indispensável  nas seguintes situações:

Entrada nos hospitais, cemitérios, necrotérios, presídios e todas as repartições públicas. Assim como em todas  as suas atividades religiosas externas vulneráveis a abordagens de autoridades policiais e outras com intuito de represaria, como: encruzilhadas, estradas, praias, cachoeiras, matas. Evitando também o enquadramento no crime de charlatanismo, curanderismo, falsidade ideológica. 

FAÇA JÁ SUA FILIAÇÃO

CLICANDO AQUI